oborrachao

Programa constrói casas e gera emprego em São Miguel dos Campos

Minha Casa Minha Vida vai construir 499 casas e oferecer 700 empregos com inicio imediato

O sonho da casa própria pode virar realidade para centenas de pessoas que ganham até três salários mínimos em São Miguel dos Campos através do programa Minha Casa Minha Vida lançado na segunda-feira,19. Uma parceria entre Prefeitura de São Miguel dos Campos e a Caixa Econômica Federal vai ofertar 700 empregos e construir 499 casas do Residencial Novo São Miguel, no Valdemar Cavalcante.  

As casas de 42m² serão as primeiras do Brasil a terem energia solar para o aquecimento da água. O investimento de R$ 23 milhões possibilitará a construção de unidades habitacionais com sala, cozinha, banheiro, circulação, dois dormitórios e área externa. O prazo de construção é de 12 meses e o valor mínimo de pagamento da prestação é correspondente a 10% da renda familiar bruta do beneficiário ou R$ 50,00 o que for maior.

A assinatura do contrato para a construção do Residencial Novo São Miguel só pode ser feito por conta do terreno que foi doado pela Prefeitura para a Caixa. Segundo o prefeito de São Miguel dos Campos, George Clemente (PSB), a agilidade para conseguir moradia digna a população foi um esforço de todas as esferas do município. “Em apenas 70 dias de governo trouxemos muitas mudanças para São Miguel e é com grande alegria que conseguiremos realizar o sonho dos miguelenses dando moradias dignas, e só possibilitamos isso com a aprovação da transferência do terreno em caráter de urgência pela Câmara de Vereadores” falou George.

Para o deputado federal Givaldo Carimbão (PSB) a Prefeitura de São Miguel dos Campos conquistou algo inédito. “Em cerca de 40 dias George e sua equipe conseguiram algo inédito em Brasília. Eles fizeram o projeto, o licitaram e o aprovaram pela Caixa Econômica em poucos dias. Esse é um dos fatores que me fazem acreditar que com esse prefeito São Miguel será um exemplo para o Brasil”, enfatizou Carimbão.

De acordo com o vice-prefeito de São Miguel dos Campos, Pedro Ricardo Jatobá (PSL), a qualidade de vida da população é prioridade para a Prefeitura. “Nosso trabalho e dedicação é voltado para melhorar a vida dos miguelenses e é com imensa satisfação que concluímos uma união para o bem estar da população ao prover habitação e emprego no município”, destacou o vice-prefeito.

O diretor da empresa responsável pela obra, José Hugo Ferro, disse que a Engenharq além de construir as casas irá oferecer capacitação e empregos para a população. “O prefeito pediu para que a mão de obra fosse toda de São Miguel e é o que vamos fazer. A Engenharq está oferecendo 700 vagas para inicio imediato, sendo 400 para pedreiros e 300 para serventes. Como não existe essa quantidade de gente habilitada, a empresa está oferecendo capacitação, e também está abrindo vagas para o segmento feminino através do programa Mulher na Obra”, orientou Hugo.

O açougueiro morador do Hélio Jatobá II, Gilmar Oliveira de Lima, expôs que se ele conseguir a casa vai realizar um sonho. “Meu sonho é ter uma casa minha para morar e se Deus quiser eu vou conseguir através desse programa. A Prefeitura está de parabéns, pois está conseguindo além das casas, emprego para quem precisa, e tem muita gente precisando em São Miguel”, afirmou Gilmar.

A secretária municipal de Trabalho, Habitação e Assistência Social, Maria Betânia de Paula, disse que essa é a hora do crescimento de São Miguel dos Campos. “Em menos de três meses São Miguel está dando o passo certo para andar corretamente e se desenvolver. Oferecendo as bases necessárias para resgatar a cidadania e a democracia, os trabalhos realizados por George Clemente e sua equipe respeitam e valorizam a população e podemos ver isso através das moradias dignas que serão construídas para os miguelenses”, ressaltou Betinha de Paula.

Centenas de pessoas prestigiaram o lançamento junto a autoridades como o secretário municipal de Articulação Política, Jó Clemente, os vereadores Célio da Caeté, Jorge da Farmácia, Djanete Rodrigues, Élson Vieira, Jairo Ramos, Dinho Jatobá e Arsênio Martins, o prefeito e o vice de Pilar, Oziel Barros e Renato Rezende, o gerente de Construção Civil da Caixa Econômica Federal, Alexandre Barros, o gerente da Caixa Econômica de São Miguel dos Campos, Fábio Rogerio, o representante do deputado federal João Lyra, Roberto Barros, os representates dos empresários miguelenses, Luiz Jatobá e Luiz Jatobá Filho, o representante da Associação Comercial e Empresarial de São Miguel dos Campos, Marcelo Ferragens, a governadora internacional do Rotary Club, Marly Ribeiro e o secretário municipal de Infraestrutura, Francisco Seabra.

Fonte: Assessoria

Comentar


Código de segurança
Atualizar

CIGIP
Tribunal de Contas
Campo Alegre