oborrachao

Municípios Alagoanos

Desde a foz do Rio São Francisco, onde desenha a fronteira sul com Sergipe, a estrada do litoral rico em belezas naturais segue até o norte, entrando em Pernambuco. É o Estado de Alagoas, terra onde há lagoas e belíssimas praias. Onde se encontra uma culinária diversificada, à base de frutos do mar, atrativa aos olhos e ao paladar, além de muita riqueza de uma parte histórica, cultural e religiosa do nordeste.

O principal destino dos turistas no Estado de Alagoas não é, apenas, a cidade de Maceió ou encanto do paraíso das águas apreciado de norte a sul do estado. A histórica cidade de Penedo ou o clima frio e gostoso do alto sertão de Água Branca, também, encantam e são visitados pelos que fazem turismo em Alagoas.

São ao todo 102 municípios alagoanos, com ricas e diferentes marcas históricas. Cidades que representam a devoção religiosa através de festas e da forte crença de um povo cristão. Em cada canto dessa Estrela Radiosa, diversas culturas nascem, encanta e brilham. E levam o nome de Alagoas para o mundo. São muitas as curiosidades de um povo que luta e continua fazendo história aqui, em Alagoas.

São essas pessoas que vão contar a história de Alagoas: os personagens que fazem os 102 municípios alagoanos constroem Alagoas. Conheça os Municípios Alagoas!

 

Comissão da AMA vai definir pisos de profissionais do PSF

Uma comissão de prefeitos começa a trabalhar imediatamente para fazer um estudo sobre a realidade do Programa Saúde da Família em cada município, para definir um padrão salarial entre os municípios para as categorias que compõem o programa – médicos, odontólogos e enfermeiros-. O programa que foi criado pelo governo federal está enfrentando sérios problemas pela falta de financiamento. Hoje ,os municípios estão bancando 70% do programa e não têm mais como autorizar reajustes sem infringir a Lei de Responsabilidade Fiscal.

Os prefeitos defendem as correções salariais  e entendem como justa a luta das categorias, mas entendem que os demais entes da tripartite -  governo federal e estadual- sejam chamados a se posicionar. O prefeito Palmery Neto, que presidiu a reunião com representantes de odontólogos e enfermeiros,  voltou a enfatizar que a saúde não se paga  e que a solução não pode ser individual, apenas dos prefeitos.

A reunião teve também a participação do deputado estadual Judson Cabral, representando a comissão de saúde da Assembléia. O parlamentar entende que a instituição pode funcionar como interlocutora e, se necessário, rever o orçamento 2012 do Estado que ainda não foi votado e pode destinar mais recursos para o PSF.

Fonte: Ascom AMA

Reunião da AMA reativa programa Moradia Legal

Além do programa Moradia Legal, mais três pontos de pauta devem movimentaro auditório da AMA: a discussão do PSF, a criação de regiões metropolitanas e a apresentação, para 14 municípios turísticos, de um programa ambiental

 

 

Uma equipe do Tribunal de Justiça, junto ao desembargadorJames Magalhães, vai se reunir com os prefeitos para reativar o programa “Moradia Legal”, nesta segunda-feira (04), às 10h30, na reunião da Associaçãodos Municípios Alagoanos. Durante a manhã, os prefeitos devem receber, também, representantes do sindicato dos odontólogos e dos enfermeiros do Programa de Saúde da Família (PSF), às 9h30. E às 11h30, o Deputado Estadual Ronaldo Medeiros discute com 21 prefeitos a criação de regiões metropolitanas.

 

O programa “Moradia Legal” encerrado em 2005 voltará a atendera população de baixa renda realizando o registro gratuito das propriedades,através de mutirões nos municípios. Uma parceria com a Associação dos Notáriose Registradores (ANOREG) e os cartórios, o TJ pretende mobilizar o maior númerode prefeituras interessadas para montar um cronograma de atendimento. Também será analisada a hipótese de ampliar o projeto com a entrega de certidão de nascimento.

 

Com os sindicatos dos enfermeiros e odontólogos do PSF, os prefeitos buscam encontrar uma solução que atenda ao mesmo tempo as solicitações dos profissionais da saúde, quanto os recursos da prefeitura, mas principalmente, uma solução que não prejudique a população.

 

O deputado Estadual Ronaldo Medeiros estará na AMA para se reunir com os prefeitos de: Penedo, Piaçabuçu, Feliz Deserto, Igreja Nova, Porto Rea ldo Colégio, Delmiro Gouveia, Pariconha, Água Branca, Mata Grande, Piranhas, Inhapi, Olho d´Água do Casado, Palmeira dos Índios, Igaci, Estrela de Alagoas,Cacimbinhas, Minador do Negrão, Belém, Paulo Jacinto, Major Isidoro e Mar Vermelho. A ideia é discutir os benefícios da criação de regiões metropolitanas do São Francisco, do Sertão e de Palmeira dos Índios.

 

Durante a tarde, a pauta de reuniões segue com o lançamento do Programa Internacional de Certificação de Praias Bandeira Azul, às 15h, para os municípios de Barra de Santo Antônio, Barra de São Miguel, Coruripe, Feliz Deserto, Japaratinga, Jequiá da Praia, Maceió, Maragogi, Marechal Deodoro, Paripueira, Passo de Camaragibe, Piaçabuçu, Porto de Pedras, São Miguel dos Milagres.

 

O programa é do Governo do Estado, por meio da Desenvolve – Agência de Fomento de Alagoas, em parceria com a Secretaria de Estado doTurismo (Setur) e Sebrae, com o apoio da AMA. O objetivo é de elevar o grau de participação e conscientização da sociedade e gestores públicos para a proteção dos ambientes marinhos/costeiro e lacustre e incentivar ações para solucionar problemas na busca de qualidade e proteção ambiental.

 

Fonte: ASCOM/ AMA

Prefeitura entrega 82 casas para famílias carentes

O sonho da casa própria foi realizado para mais oitenta e duas famílias carentes de Penedo pela gestão Trabalhando Muito Mais. As chaves dos imóveis erguidos no Conjunto Nilo Menezes foram entregues aos donos nesta quarta-feira, 30 de novembro, pelo Prefeito Israel Saldanha e esposa, a pediatra Elenice Saldanha, membros do primeiro escalão de governo municipal, vereadores e do Secretário Estadual de Saúde, Alexandre Toledo.

Durante a inauguração da segunda etapa do projeto de moradia popular erguido no bairro Raimundo Marinho, o Prefeito Israel Saldanha explicou que foi preciso dar plantão diário na Caixa Econômica Federal para conseguir recuperar o investimento.

“Quando assumimos a prefeitura junto com Alexandre Toledo, a gestão anterior não deixou os documentos sobre os dois contratos dessas obras que já estavam inclusive licitadas, mas nem as empresas que deveriam fazer as casas tinham esses documentos. Eles fizeram isso para prejudicar o início da nossa administração”, disse Israel Saldanha sobre a atitude que demonstra a falta de compromisso de quem estava à frente da Prefeitura de Penedo para com a população.

Com muito esforço e competência da gestão Trabalhando Muito Mais, toda a burocracia foi resolvida, inclusive com autorização da Câmara de Vereadores para doação das casas, cuidado que a gestão passada não teve com o Conjunto Carlos Lyra, popular Cidade do Povo, também situado no bairro Raimundo Marinho, onde nenhum morador tem o termo de doação do imóvel. Para garantir a posse aos que estão residindo na Cidade do Povo, Israel Saldanha enviará projeto de lei à Câmara de Vereadores que também já assegurou a aprovação da iniciativa que vai assegurar o direito à propriedade.

“Prefeito comprometido com o povo de Penedo e não com o povo da casa dele é este que está no mandato e Penedo necessita que isso continue sendo feito”, destacou Alexandre Toledo, acrescentando que os moradores estão se instalando em um bairro com outros investimentos em curso, como uma creche-escola, um posto de saúde e mais casas, além do terreno doado para ampliação da Ufal em Penedo e já ser local de funcionamento do Ifal no município.

Também no bairro Raimundo Marinho, a gestão Trabalhando Muito Mais foi a primeira em Alagoas a contratar e concluir moradias do Minha Casa, Minha Vida para famílias com até três salários mínimos de renda, o Residencial Mata Atlântica. Ao lado do conjunto que conta com área de lazer e infraestrutura básica, o governo estadual ergue mais dezenas de moradias e em outra área próxima, a segunda etapa do Mata Atlântica já está assegurada.

“São mais 300 casas para o povo de Penedo. Não há nos 475 anos de nossa cidade uma produção de moradia popular como a que está sendo feita no nosso governo. Nunca houve um prefeito de Penedo que entregou tantas casas como agora”, enfatizou Israel Saldanha sobre uma das marcas da seriedade e do compromisso da gestão Trabalhando Muito Mais com Penedo.

 

Fonte: Assessoria

Prefeitura comemora 49anos de Tanque d’Arca com desfile cívico e cultural nesta quinta-feira

O município de Tanque d’Arca,distante 107 km da capital alagoana, festeja os 49 anos de Emancipação Políticanesta quinta-feira, 01 de dezembro. Uma data até então esquecida, há dois anos setornou o evento mais esperado do ano. O município possui um pouco mais de 6.000habitantes e nesta data consegue envolver aproximadamente 3.000 pessoas para odesfile que acontece às 15h e este ano traz como tema principal as oito metasdo milênio. O lançamento do hino do município é aguardado com ansiedade. Abanda Forró do Muído dita o ritmo dos festejos a partir das 22h.

 

A Banda Williroque, formada poralunos da rede municipal de ensino, é motivo de orgulho. Ao longo do ano foidestaque nas comemorações de vários municípios. Para homenagear a cidade quevem ganhando destaque a nível nacional, os alunos intensificaram os ensaios. Asbandas fanfarras de Anadia, Limoreiro de Anadia, Feira Grande, Taquarana, Coitédo Nóia e Cacimbinhas já confirmaram presença.

 

A movimentação na cidade é grandee os comerciantes locais também comemoram o aquecimento da economia. A festaatrai visitantes das cidades vizinhas e é ponto de encontro para muitostanquedarquenses que foram morar em outros lugares.

 

O prefeito de Tanque d’Arca, RoneyValença, e o secretariado municipal estão integrados para garantir uma festa organizada,emocionante e com segurança. “Estamos muito felizes em contribuir positivamentepara a história da nossa Tanque d’Arca. A equipe gestora da Prefeitura de organizouuma comemoração linda e está de braços abertos para acolher os tanquedarquensese os visitantes”, destacou o prefeito Roney Valença.

 

 

 

PROGRAMAÇÃO:

6h—Alvorada Festiva

8h—Hasteamento dos Pavilhões(Prefeitura)

9h—Missa Solene

11h—Inaugurações:

- Centro de Reabilitação eFisioterapia 

- Mini Auditório

- Auditório do Colégio NossaSenhora Mãe do Povo

- Reforma e ampliação do Posto deSaúde Arthur de

Almeida Pinto

-Entrega de trator para uso dosagricultores rurais

- Construção do Mirante

 

15h—Desfile cívico e cultural

22h—Show com a banda Forró doMuído

 

Fonte: Assessoria

Projeto SOS Empresa contribui para recuperação de negócios no município de Branquinha

Ações foram encerradas na última segunda com palestras direcionadas a micro-empresários da região
 
A prefeitura de Branquinha e o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) realizaram na última segunda-feira, 28, o encerramento do Projeto SOS Empresa, desenvolvido no município após as cheias de 2010.  O encontro contou com a presenças de consultores e palestrantes do Sebrae, de coordenadores do Projeto em Branquinha, de especialistas em segurança alimentar e representantes do banco do Nordeste.

 

O Projeto, que iniciou no mês de agosto, teve o objetivo de capacitar os micro e pequenos empresários da região, colocando em prática as ações propostas nos planos de recuperação dos negócios dos 19 municípios de Alagoas afetados pelas enchentes.

O Projeto SOS Empresa foi realizado em duas fases. Na primeira, teve como foco atendimento emergencial. Na última, houve consultorias específicas, atendimento por meio de orientações empresariais, informação para aplicação e acesso ao crédito, capacitações, oficinas e cursos voltados à gestão de pequenos negócios.

Durante o atendimento, foram realizadas palestras sobre segurança alimentar e qualidade nos serviços empresariais, oficinas do Programa Sebrae Empreendedor Individual (com temas sobre vendas, controles financeiros e compras governamentais), oficinas do Orienta Fácil e feiras e exposições para incrementar o comércio local.

Investimento

 

Durante um ano e três meses foram investidos cerca de R$ 405 mil na iniciativa. Ao todo, 170 comerciantes foram formalizados desde o início do Projeto.

 

 

Ascom - Branquinha

Campo Alegre
CIGIP
Tribunal de Contas